O paisagismo para a arquitetura

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

Não há como negar que o paisagismo se funde às construções. Um bom projeto de arquitetura busca ornamentar toda a topografia de um imóvel e aliado a vontade do cliente com o toque especial do arquiteto. Além do ganho em termos de materiais, com a qualidade do uso do espaço e conforto físico, devemos lembrar do quanto uma paisagem bonita pode nos ajudar a relaxar. Uma obra arquitetônica que permite diálogo com a área externa oferece sensação de liberdade e de bem estar. Por conta disso que devemos dar atenção especial aos projetos de paisagismo.

Além do papel fundamental de recuperar a área transformada pela obra, o paisagismo foca em acrescentar todas as possibilidades que o seu uso oferece. Quando falamos de paisagismo, não existe um projeto igual ao outro, de um bom jardim, passa pela integração com a residência, com o edifício e pelos critérios com a escolha das plantas que melhor se adaptam ao clima e suas finalidades.Valorizar a beleza das plantas individualmente, deixando de lado o efeito das massas agrupadas, evitando-se amontoados de espécies muito próximas, tendo cada planta o seu lugar onde pode ser observada como única e como elemento de um conjunto maior que é o jardim.

Que não se restringe só às plantas, mas aos caminhos, churrasqueiras, bancos, pisos, pergolados, quiosques, fontes, piscinas e acessos. São recursos que quebram a monotonia e podem ser usados com muita criatividade.  O verde realça as formas, disfarça as imperfeições, rompe a rigidez dos materiais, suaviza o dia a dia de trabalho. Deve ser estudado e elaborado para que possa valorizar ainda mais o projeto arquitetônico e sua finalidade.

Se você possui um jardim ou uma área externa e deseja aproveitá-la melhor, a dica é contratar um arquiteto para lhe orientar.


Deixe seu Comentário.



Comentários no Facebook

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×